Rio de Janeiro 55 21 4042-6302 / 99307-0945

Serviços

MARKETING

INBOUND MARKETING

Inbound Marketing, conhecido como Marketing de Conteúdo, é uma reunião de estratégias de marketing com a finalidade de captar potenciais clientes por meio da “nutrição” ou alimentação de informações, ou seja, educação destes futuros clientes, por meio de materiais ricos e ferramentas, como e-newsletter, blog, e-books, vídeos, planilhas, links patrocinados e infográficos. Com isso, a ideia é gerar tráfego, leads, prospects, clientes e, finalmente, converter em vendas.

Sobre Inbound Marketing ou MARKETING DE CONTEÚDO

Marketing de Conteúdo é uma forma de trabalhar o público-alvo de sua empresa e, assim, expandir sua clientela e sinalizar quem são os potenciais clientes por meio do desenvolvimento de valor, com os objetivos de atrair, envolver e agregar valor para as pessoas, com vistas a gerar resultados de negócios.

Com o crescimento do Marketing Digital e a presença cada vez maior de empresas na internet, novas estratégias estão surgindo para garantir o sucesso online. Uma das principais delas é o Marketing de Conteúdo. Há estatísticas que apontam que 70% das empresas brasileiras já estão apostando nessa estratégia. Segundo a Content Trends 2017, empresas que adotam o marketing de conteúdo alcançam 2,2 vezes mais visitas em comparação com as que não fazem uso dele. De acordo com este trabalho, enquanto apenas 29% das pessoas quer saber mais sobre um produto com um vendedor, 62% fazem pesquisas do tipo usando sites de busca.

No momento que você envia artigos, posta conteúdos nas redes sociais ou manda uma newsletter você está “nutrindo” seu potencial cliente, ou lead, com informações que vão educá-lo sobre um produto ou serviço, de forma a potencializar uma decisão de compra.

Ativo 1inbound
Ativo 1inbound2

Benefícios

Por meio do Inbound Marketing, é possível obter benefícios muito importantes para o crescimento do seu negócio:

  • Buscar e atrairmais visitantes para onde seu negócio está: site, blog, e-newsletter ou redes sociais
  • Estreitar o relacionamento com seu público-alvo, trabalhando, ou seja, “nutrindo-o” com informações relevantes para ele, educando-o a fundo sobre seus produtos e serviços.
  • Tendo rastreado quem são seus potenciais clientes (leads) com grande potencial de compra, podemos utilizar ferramentas “mais agressivas” para “chamar o lead para a ação” (call to action)
  • As ações do Inbound marketing têm custo muito mais acessível do que as do marketing tradicional, como elaboração de materiais promocionais, participação em eventos e feiras, anúncios pagos em mídias não eletrônicas. Sem contar que as taxas de conversão são expressivamente maiores.
  • No Inbound Marketing, há uma possibilidade muito maior de interação entre empresa e seu público-alvo.
  • Conteúdo das mensagens mais envolventes, o que acaba gerando maior envolvimento e engajamento.
  • Possibilidade de acompanhar os resultados em tempo real e modificar as estratégias, imediatamente, se for necessário
  • Há uma maior continuidade do relacionamento com o lead
  • Pode ser aplicado tanto para estratégias B2C (venda direta ao consumidor), como B2C (venda para empresas)
  • Alcance infinitamente maior e com menor custo;
  • O Inbound Marketing tem a característica de “marketing de atração” por oferecer conteúdo que ajuda a persona na prática, ao invés de “empurrar” produto.
  • Maior poder de persuasão – O Inbound Marketing propicia a aplicação de melhores recursos para persuadir até chegar à venda.
  • Ciclo mais curto de vendas - No Inbound Marketing, este tempo é muito mais curto, o que também representa um custo de aquisição de clientes bem menor.
  • Mensuração de resultados em tempo real – Com o Inbound Marketing é fundamental acompanhar os dados em tempo real para saber com precisão e rapidez o que está funcionando ou não.
  • Ticket médio maior - leads qualificados e bem informados durante o processo de venda se sentem mais confiantes para comprar e, por isso, costumam gerar um ticket médio maior com relação aos que não passam por um processo de educação.

Como a Inovaweb pode te ajudar com o MARKETING DE CONTEÚDO

Blog: existem os blogs autorais, os blogs de conteúdos específicos dos mais variados assuntos, mas no caso de empresa é um canal de conteúdo (normalmente, inserido no site institucional ou na loja virtual) em forma de artigos, vídeos, infográficos, entre outros, cujo objetivo é educar o público sobre um produto ou serviço ou uma categoria toda de produtos ou ainda uma causa.

Site: site tem a função de apresentar as informações da empresa, profissional, marca, produtos e ou serviço. O site contribui para “vender” o produto ou serviço. O objetivo é tornar a informação atraente para que os visitantes acabem se tornando leads e os leads, clientes.

Redes sociais: são as redes sociais e aplicativos de mensagem. Podem ser utilizadas com maestria para disseminar suas mensagens sobre produtos e serviços ao seu público alvo, contribuir para nutrir leads com informações e fomentam no processo de conversão de leads para cliente; consolidam a imagem da marca junto àqueles que já são clientes.

SEO: O Google é o maior motor de pesquisa do mundo. Estar nos primeiros resultados de busca quando se faz uma pesquisa sobre uma determinada categoria de produto ou serviço é o “sonho de consumo das empresas”. Uma ferramenta que impulsiona e facilita consideravelmente é o SEO (Search Engine Optmization – Otimização para Motores de Busca). Com esta técnica, seu site poderá ser achado com muito mais facilidade e sua empresa poderá obter tráfego bem mais qualificado para o site ou blog.

Webinars – são seminários transmitidos ao vivo e online, em que os expectadores podem assisti-los a partir de uma plataforma, para a disseminação de conteúdo,

Cursos: realizar curso online com a apresentação de um treinador, material didático, dicas faz com que as pessoas se engajem cada vez mais.

E-book - termo de origem inglesa, e-book é uma abreviação para “electronic book”, ou livro eletrônico: trata-se de uma obra com o mesmo conteúdo da versão impressa, com a exceção de ser, por

óbvio, uma mídia digital. Nele, são desenvolvidos temas de interesse da empresa (relacionados à marca, produto ou serviço), com o intuito de educar o público e gerar conversão de leads.

E-newsletter - é um boletim enviado eletronicamente por e-mail com assuntos abordados em seu blog ou outro; é mais uma forma de nutrir seus leads e criar aproximação.

Landing pages: são as chamadas páginas de conversão, destinadas a impulsionar o visitante do site, blog ou loja virtual a aceitar um proposta (geralmente um material educativa de boa qualidade, sem custo, ou convite para participar de webinars);para isso, o visitante deve preencher um formulário online e colocar seus dados pessoais, que formarão o mailing ou CRM da empresa.

Formulários: fazem parte das landing pages com intuito de captar informações dos visitantes. São programados para melhorar a performance da taxa de conversão de sites, blogs e lojas virtuais. No entanto, o preenchimento deve ser amigável, para não estressar o visitante, fazendo-o desistir.

Call to action (CTA): significa uma chamada ou convocação para agir. Trata-se de um convite direto e explícito para que o visitante tome uma atitude. Por exemplo: clicar em um botão para fazer uma consulta ou para preencher o formulário.

CRM: expressão em inglês que significa “Gestão de relacionamento com o cliente por meio do software”, trata-se de um banco de dados em que a empresa mantém todos os contatos relevantes para ela, em especial, dos seus clientes e potenciais clientes. Esses dados geralmente são armazenados em um site de software e possibilitam saber o que cada um deles necessita e quando. Com ele, você consegue sempre manter os leads nutridos de informações sobre produtos.

CRO: a função do CRO (sigla inglês que quer dizer “Otimização da taxa de conversão”) é assegurar que suas conversões sempre cresçam. Para isso, é preciso ter um plano de otimização, englobando ações contínuas, baseadas em testes e dados coletados.

Automação de marketing: possibilita automatizar ações de marketing, porém mantendo o relacionamento próximo e personalizado dos leads, mesmo em um número massivo.

E-mail marketing: contribui para gerar leads e dar continuidade no relacionamento, mantendo-os informados sobre produtos ou

assuntos relacionados a este. Mantenha listas redondas com as landing pages e siga os procedimentos anti-spam.

Lead scoring: O lead scoring é uma escala que mostra à equipe de vendas em que nível determinado lead está no processo de compras.

Relacionamento ativo: os clientes da empresa jamais podem ser esquecidos nas as ações. Da mesma forma, devem ter acesso a todas as mensagens e conteúdo, com regularidade.

Ativo 3inbound2

Nós, da Inovaweb, sabemos como conquistar grandes resultados utilizando o Inbound Marketing.

Faça uma consulta: